Meus vídeos

Loading...

Direções

GRUPO DE ESTUDO PERMANENTE

O Auto da Barca do Inferno - Gil Vicente - SESC- Pinheiros - (2011) direção/interprete/adaptação;

O Alienista - Machado de Assis - SESC- Pompeia - Santos (2008/09/11)- direção/interprete;


Vidas Secas – Performance Dramática da obra de Graciliano Ramos – Grupo de Estudo Permanente – SESC- SP (2011);

Memórias de um Sargento de Milícias – Leitura dramática da obra homônima no SESC – Pinheiros - São Carlos –direção/adaptação do texto (2010); 

Antologia Poética – Poemas de Vinicius de Moraes no SESC – Pinheiros –direção/adaptação do texto (2010); 

O Rascunho de um Rio - baseado na Terceira Margem do Rio de João Guimarães Rosa - SESC - Santos  - (2010)


Fala Comigo doce como a Chuva - Tennessee Williams - Teatro do Ator - (2005)


Direção, produção e assistência de outros Grupos

"Contação de Histórias" O Menino da Imaginação e Planeta Azul - com Roberto Surya Das - Sesc Pinheiros - Direção e Adaptação do textos - com Grupo Abrapalavra (2011)

“Cartas ao Professor” texto e interpretação de Silvonei Chaves – GRUPO MATÉRIA VERTENTE – 2009/10/11.

“As Mulheres de Nelson” textos diversos de Nelson Rodrigues – OFICNA DE ATORES Nilton Travesso - 2009.

“Gente de Terra” MPB – canções diversas – SESC – STO. ANDRE- 2009.

“O trenzinho Caipira”, inspirado na música de Villa Lobos – CEU-SP 2006;

“Poemas que Contam Histórias”, baseado na obra de Mario de Andrade – Solo de Wladimir Mafra -  2004;

“A Grande Brincadeira”, baseada em Fábulas Populares – OFICNA DE ATORES Nilton Travesso - 2002;

“Plinianas & Rodrigueanas” da obra de Plínio Marcos e Nelson Rodrigues – OFICINA DE ATORES Nilton Travesso -  2002;

“Rodrigueanas” da obra de Nelson Rodrigues – OFICINA DE ATORES Nilton Travesso-  2002;

“E Viveram Felizes... Para Sempre???” de Sérgio Milagre e Cláudia Pucci – OFICINA DE ATORES Nilton Travesso –2002;

“As Oito Garotas” de Marco Antonio Garbellini e Sérgio Milagre – OFICINA DE ATORES Nilton Travesso - 2002;

“Obsessões” de Luiz Fernando Veríssimo e Nelson Rodrigues – OFICINA DE ATORES Nilton Travesso - 2001.